Introdução

Competências de comunicação clínica eficazes são um elemento chave na relação médico-doente. Comunicar más notícias é uma competência nuclear avançada exigida aos profissionais de saúde. Inclui não apenas uma componente verbal, associada ao conteúdo da mensagem, como ainda uma componente emocional, resposta às deixas emocionais de quem recebe a má notícia, o lidar com o stress e expetativas dos doentes e dos familiares.

Embora a educação médica já inclua componentes de competências de comunicação, há ainda pouco investimento no treino da comunicação de más notícias. Quando não dadas de forma adequada pode haver um comprometimento dos processos de adaptação à notícia quer por parte dos doentes quer dos seus familiares provocar um maior distanciamento na relação médico-doente e ainda acentuar os receios que muitos profissionais de saúde possam desenvolver nestas circunstâncias, nomeadamente a culpa, não ter certezas e o confronto com o medo da doença e morte.

 

Objetivos

Este curso destina-se a profissionais de saúde que durante a sua prática profissional terão de comunicar más notícias aos seus doentes e familiares e/ou estejam envolvidos em atividades pedagógicas e que pretendam potenciar a aprendizagem e a transferência de conhecimentos e competências transversais.
Os objetivos  gerais desta formação são:

  • Promover a reflexão sobre o significado da má notícia;
  • Identificar barreiras na comunicação de más notícias;
  • Aprender a aplicar um modelo de comunicação de más notícias;
  • Identificar situações desafiantes durante a comunicação de más notícias e desenvolver alguns mecanismos de coping através de prática reflexiva;
  • Treinar técnicas de comunicação de más notícias.

 

Responsável Pedagógico

Elizabete Loureiro, PhD
Doutorada em Biomedicina
Coordenadora do Gabinete de Apoio ao Estudante da FMUP
Representante Nacional no Steering Committee do EACH
Membro do tEACH

 

Formadores

  • Elizabete Loureiro, PhD
  • Carla Sá Couto, PhD

Datas de Candidaturas On-line (2017/2018)

1ª edição: 28/ago  a  27/set

2ª edição: 15/dez  a  15/jan

3ª edição: 15/fev  a  15/mar

Datas do curso (2017/2018)

1ª edição: 16  e 17 / nov  

2ª edição: 15 e 16 / mar  

3ª edição: 17 e 18 / mai  

 

Condições

Número de participantes: Máx: 12 / Mín: 6

O curso só se realiza mediante o número mínimo de inscritos. Se o número mínimo de inscritos não for atingido, os participantes serão notificados e, caso o pagamento da inscrição já tenha sido efetuado, serão reembolsados.

 

Duração  – 18 horas (9h30-19h00)

 

Local Centro de Simulação Biomédica

 

Material Pedagógico

Será fornecido aos participantes suporte pedagógico sobre os conteúdos teóricos abordados.